Não partam a minha casa


Falando na primeira pessoa, o regedor (soba) Rafael da Costa sente-se ameaçado no exercício das suas funções por ter feito declarações à rádio Benguela em defesa dos ex-moradores do Bairro das Salinas que viram as suas residências partidas no passado dia 24 de Junho de 20 pela Administração Municipal de Benguela.

“Regedor da Zona-B em Benguela Ameaçado por Defender Ex-moradores do ...


Os ex-moradores do Bairro das Salinas em Benguela, clamam por ajuda da sociedade angolana em virtude da situação desumana que lhes foi imposta pela Administração Municipal de Benguela, que no passado dia 24 de Junho 20, fazendo o uso da força, demoliu casas e escola construída com o esforço financeiro dos moradores para os seus filhos e não só, cerca de 600 frequentavam a referida escola.

NOTA PÚBLICA: “16 dias depois das demolições no bairro das ...


Tudo começou nas primeiras horas do dia 24 de Junho de 20, quando os moradores foram surpreendidos por um aparato policial nunca mais visto na cidade de benguela, sem nenhum mandado judicial os moradores foram privados de manter contacto com os seus haveres enquanto decorria a demolição. Por outro lado, colocaram em causa a circulação rodoviária no sentido Benguela Baia Farta durante algumas horas.

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE BENGUELA RECORRE AO USO DE FORÇA POLICIAL ...




Nós, organizações da sociedade civil abaixo assinadas, desejamos expressar a nossa profunda preocupação com o agravamento na situação de direitos humanos no norte de Moçambique, em particular no que respeita aos relatos de violência contra civis pelas forças de segurança estatais, nomeadamente a Unidade de Intervenção Rápida (UIR) e o Grupo de Operações Especiais (GOE), assim como de assédio e intimidação por estas mesmas forças a grupos da sociedade civil (OSC) e a jornalistas, simplesmente por fazerem o seu trabalho na região. Estamos especialmente preocupados com o desaparecimento forçado, em 7 de Abril de 2020, do jornalista de rádio Ibraimo Abú Mbaruco, que, na sua última comunicação conhecida, disse estar “cercado por militares”.1

CARTA ABERTA SOBRE A PREOCUPANTE DETERIORAÇÃO DA SITUAÇÃO DE DIREITOS ...


No dia 11 do corrente mês a Omunga realizou a visita de constatação à comunidade das Salinas (em conflitos de terras contra a Administração Municipal de Benguela) no município de Benguela, com objectivo de se inteirar sobre os avanços da construção de uma escola construída pela comunidade com fundos próprios. Da escola do ensino primário e 1º ciclo Rainha Nzinga Mbandi situada na comunidade das Salinas no Município de Benguela.

MORADORES DAS SALINAS CONSTROEM ESCOLA COM FUNDOS PRÓPRIOS E CONTRIBUEM ...



A diocese de Benguela na pessoa do padre Paulino Koteka, membro da comissão de justiça e paz, junta-se à nossa campanha através de um vídeo que concedeu à OMUNGA apelando ao executivo que respeite a vida humana. O responsável repudia  a construção da fábrica química em direcção a universidade jean-Piaget […]

NÃO A DESGRAÇA NA GRAÇA!!! – DIOCESE DE BENGUELA APOIA ...


Por: Rufina Lucamba Efectivou-se Quinta-feira (2) na Universidade Jean Piaget de Benguela, a edição do Quintas de debate em que se discutiu a questão ambiental a respeito da fábrica de fertilizante químico que está a ser erguida na área adjacente ou ISJP e numa zona habitacional.             Com o lema […]

AMBIENTALISTA PROTESTA A CONSTRUÇÃO DA FÁBRICA NA ZONA DA GRAÇA


Texto: Adnela e Sousa Na tarde de 02 de Maio a Omunga em parceria com o Instituto Superior Jean Piaget de Benguela realizou as Quintas de Debates dentro da campanha “Não à desgraça na Graça!!!”. Mário Rui Ferreira, secretário geral do Instituto Superior Jean Piaget defende que ninguém está contra […]

FÁBRICA DE FERTILIZANTES DEIXA A COMUNIDADE PIAGETINA PREOCUPADA