Não partam a minha casa


“A igreja é das instituições sociais a par da família e da escola, o que faz com que tenha responsabilidades a crescidas na prevenção e combate a corrupção”. Esta foi uma das frases proferidas pelo padre Alberto Menezes, quando lhe foi colocada a questão sobre o enfrentamento da corrupção, como líder religioso.

RESUMO DA 8ª EDIÇÃOO DO PROGRAMA RADIOFÓNICO “CORRUPÇÃO É CRIME”   Recentemente updated!



O que aconteceu em Cafunfo-Cuango viola gravemente a Constituição da República de Angola, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Carta Africana dos Direitos Humanos e dos Povos e outros instrumentos internacionais ratificados pelo Estado Angolano.

OMUNGA CONDENA ACÇÃO DA POLICIA NACIONAL NA LUNDA NORTE




Pela segunda vez a Omunga realizou mais uma live especial dentro da Campanha: Basta Violência Policial, devido o triste acontecimento do passamento físico e prematuro do médico pediatra, Sílvio Dala, ocorrido no dia 01 de Setembro, numa das esquadras da Polícia Nacional em Luanda. Para este painel convidamos o médico pediatra e Secretário provincial de Luanda do Sindicato dos Médicos de Angola, Miguel Sebastião, sob moderação do jornalista e activista, Simão Hossi Sonjamba.

VIOLÊNCIA POLICIAL EM ANGOLA: MORTE DO DR. SILVIO DALA


A OMUNGA manifesta publicamente o seu apoio à manifestação pacífica convocada pelo Sindicato da Ordem dos Médicos em Benguela, marcada para o dia 12 de Setembro (Sábado), cuja concentração será no Liceu Comandante Kassanje, a partir das 12h30 minutos e terá como ponto final o largo de África. Isto é […]

NOTA PÚBLICA: OMUNGA APOIA A MANIFESTAÇÃO DO DIA 12



Falando na primeira pessoa, o regedor (soba) Rafael da Costa sente-se ameaçado no exercício das suas funções por ter feito declarações à rádio Benguela em defesa dos ex-moradores do Bairro das Salinas que viram as suas residências partidas no passado dia 24 de Junho de 20 pela Administração Municipal de Benguela.

“Regedor da Zona-B em Benguela Ameaçado por Defender Ex-moradores do ...


Os ex-moradores do Bairro das Salinas em Benguela, clamam por ajuda da sociedade angolana em virtude da situação desumana que lhes foi imposta pela Administração Municipal de Benguela, que no passado dia 24 de Junho 20, fazendo o uso da força, demoliu casas e escola construída com o esforço financeiro dos moradores para os seus filhos e não só, cerca de 600 frequentavam a referida escola.

NOTA PÚBLICA: “16 dias depois das demolições no bairro das ...


Tudo começou nas primeiras horas do dia 24 de Junho de 20, quando os moradores foram surpreendidos por um aparato policial nunca mais visto na cidade de benguela, sem nenhum mandado judicial os moradores foram privados de manter contacto com os seus haveres enquanto decorria a demolição. Por outro lado, colocaram em causa a circulação rodoviária no sentido Benguela Baia Farta durante algumas horas.

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE BENGUELA RECORRE AO USO DE FORÇA POLICIAL ...