Não partam a minha casa


The Angolan non-governmental organisations Associação Mãos Livres, Fórum Regional de Desenvolvimento Universitário (FORDU) and Associação OMUNGA hereby inform national and international public opinion that they have filed a complaint with the Central Department of Investigation and Penal Action, in Portugal, against corruption and money laundering schemes that are believed to have taken  place between 2005 and 2012 and are suspected to involve former senior executives of Sonangol, E.P. and the commercial bank where the transactions were registered.

ANGOLAN NGOs DENOUNCE INTERNATIONAL CORRUPTION AND MONEY LAUNDERING   Recentemente updated!


As organizações não-governamentais Associação Mãos Livres, Fórum Regional de Desenvolvimento Universitário (FORDU) e a Associação OMUNGA vêm por este meio comunicar à opinião pública nacional e internacional que intentaram, junto do Departamento Central de Investigação e Acção Penal em Portugal uma queixa contra esquemas de corrupção e branqueamento de capitais que ocorreram entre 2005 e 2012 com suposto envolvimento de ex-quadros directivos da Sonangol-E.P. e o banco comercial onde as transações foram registadas.

ONGs ANGOLANAS DENUNCIAM ESQUEMAS DE CORRUPÇÃO E BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS   Recentemente updated!




Há cerca de 10 anos que é notável o nível de consciencialização dos cidadãos sobre os seus direitos, tendo, em razão disto, surgido muitas organizações da sociedade civil e movimentos de pressão que buscam através dos preceitos democráticos participar de forma activa na gestão do país

OMUNGA CONDENA ACÇÕES QUE COMPROMETAM O EXERCÍCIO DA CIDADANIA


PROJECTO CORRUPÇÃO É CRIME. FORMAÇÃO PARA ACTIVISTAS VOLUNTÁRIOS. O Voluntariado é um conjunto de atitudes positivas que consistem na doação de parte do nosso tempo para desenvolver acções sociais e de interesse comunitário. Dentre as vantagens do voluntariado destacam-se a possibilidade de uma autodescoberta como indivíduo, desenvolvimento pessoal, aprendizagens com outros envolvidos, […]

LUANDA: OMUNGA ABRE CANDIDATURA PARA FORMAÇÃO SOBRE PREVENÇÃO E ...




Claramente que hoje o jornalismo em Angola não anda bem, actualmente existe uma grande regressão, e isto se revela na forma como estamos a encarar o combate à corrupção, onde o espírito de autocensura está corrompido. “Actualmente temos em Angola poucos jornalistas para a quantidade de males que existem na sociedade, há uma série de obstáculos que devem ser ultrapassados.

RESUMO DA 11ª EDIÃO DO PROGRAMA RADIOFÓNICO “CORRUPÇÃO É CRIME”


Maria Constância começou o seu discurso lamentando sobre a dificuldade que os feirantes no geral têm enfrentando diariamente, segundo a mesma, o dia-a-dia no mercado é muito complicado, e principalmente para as mulheres que na sua maioria têm responsabilidades acrescidas no seio das famílias que por conta da carência dependem totalmente do que vem dos mercados.

RESUMO DA 10ª EDIÇÃO DO PROGRAMA RADIOFÓNICO “CORRUPÇÃO É CRIME”


1
Sob o lema “ A FOME NO SUL DE ANGOLA – DIREITOS – ESTRATÉGIAS – SINERGIAS”, estiveram reunidas, de 5 a 6 de Maio de 2021, no Centro Saletino de Formação e Espiritualidade – CESAFE, na cidade do Lubango, as organizações e instituições citadas supra, os representantes de comunidades rurais das Províncias da Huila e do Namibe e convidados em geral.

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES DA MESA REDONDA SOBRE A FOME NO ...