Não partam a minha casa


Maria Constância começou o seu discurso lamentando sobre a dificuldade que os feirantes no geral têm enfrentando diariamente, segundo a mesma, o dia-a-dia no mercado é muito complicado, e principalmente para as mulheres que na sua maioria têm responsabilidades acrescidas no seio das famílias que por conta da carência dependem totalmente do que vem dos mercados.

RESUMO DA 10ª EDIÇÃO DO PROGRAMA RADIOFÓNICO “CORRUPÇÃO É CRIME”


1
Sob o lema “ A FOME NO SUL DE ANGOLA – DIREITOS – ESTRATÉGIAS – SINERGIAS”, estiveram reunidas, de 5 a 6 de Maio de 2021, no Centro Saletino de Formação e Espiritualidade – CESAFE, na cidade do Lubango, as organizações e instituições citadas supra, os representantes de comunidades rurais das Províncias da Huila e do Namibe e convidados em geral.

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES DA MESA REDONDA SOBRE A FOME NO ...


Associação OMUNGA agradece o que vinte que lhe foi formulado pela Assembleia Nacional da República de Angola, através da Comissão de Assuntos Constitucionais e Jurídicos para participar a 19 de abril de 21, no processo de revisão pontual da constituição

OMUNGA DECLINA O CONVITE DA ASSEMBLEIA NACIONAL



“A igreja é das instituições sociais a par da família e da escola, o que faz com que tenha responsabilidades a crescidas na prevenção e combate a corrupção”. Esta foi uma das frases proferidas pelo padre Alberto Menezes, quando lhe foi colocada a questão sobre o enfrentamento da corrupção, como líder religioso.

RESUMO DA 8ª EDIÇÃOO DO PROGRAMA RADIOFÓNICO “CORRUPÇÃO É CRIME”



O que aconteceu em Cafunfo-Cuango viola gravemente a Constituição da República de Angola, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Carta Africana dos Direitos Humanos e dos Povos e outros instrumentos internacionais ratificados pelo Estado Angolano.

OMUNGA CONDENA ACÇÃO DA POLICIA NACIONAL NA LUNDA NORTE




Pela segunda vez a Omunga realizou mais uma live especial dentro da Campanha: Basta Violência Policial, devido o triste acontecimento do passamento físico e prematuro do médico pediatra, Sílvio Dala, ocorrido no dia 01 de Setembro, numa das esquadras da Polícia Nacional em Luanda. Para este painel convidamos o médico pediatra e Secretário provincial de Luanda do Sindicato dos Médicos de Angola, Miguel Sebastião, sob moderação do jornalista e activista, Simão Hossi Sonjamba.

VIOLÊNCIA POLICIAL EM ANGOLA: MORTE DO DR. SILVIO DALA


A OMUNGA manifesta publicamente o seu apoio à manifestação pacífica convocada pelo Sindicato da Ordem dos Médicos em Benguela, marcada para o dia 12 de Setembro (Sábado), cuja concentração será no Liceu Comandante Kassanje, a partir das 12h30 minutos e terá como ponto final o largo de África. Isto é […]

NOTA PÚBLICA: OMUNGA APOIA A MANIFESTAÇÃO DO DIA 12