Por uma angola livre


Foi com elevada estupefação e dor que a sociedade civil angolana, especialmente as organizações de direitos humanos, os académicos, os activistas das Organizações que compõem a PLATAFORMA SUL, bem como as pessoas das comunidades da Região Sul, afectadas pela terrível tragédia da fome e da malnutrição, receberam as afirmações proferidas por V.Excia a 11 de Dezembro de 2021, em Luanda, num concorrido comício no Estádio 11 de Novembro, quando do encerramento do VIII Congresso Ordinário do MPLA, em que V.Excia

PLATAFORMA SUL REAGE À RELATIVIZAÇÃO DA FOME PROFERIDA PELO PRESIDENTE ...



A Rede de Protecção Ao Migrante e Refugiado, realizou a 4ª conferência sobre a Saúde dos Refugiados: Impacto da Covid-19 e doenças negligenciadas, no salão nobre da Universidade Católica de Angola, em Luanda. Com o referido evento, pretende-se chamar atenção das entidades competentes sobre a situação real dos refugiados e migrantes quanto ao quadro sanitário.

OMUNGA E OUTRAS ORGANIZAÇÕES DÃO NOTA NEGATIVA SOBRE ...




The Angolan non-governmental organisations Associação Mãos Livres, Fórum Regional de Desenvolvimento Universitário (FORDU) and Associação OMUNGA hereby inform national and international public opinion that they have filed a complaint with the Central Department of Investigation and Penal Action, in Portugal, against corruption and money laundering schemes that are believed to have taken  place between 2005 and 2012 and are suspected to involve former senior executives of Sonangol, E.P. and the commercial bank where the transactions were registered.

ANGOLAN NGOs DENOUNCE INTERNATIONAL CORRUPTION AND MONEY LAUNDERING


As organizações não-governamentais Associação Mãos Livres, Fórum Regional de Desenvolvimento Universitário (FORDU) e a Associação OMUNGA vêm por este meio comunicar à opinião pública nacional e internacional que intentaram, junto do Departamento Central de Investigação e Acção Penal em Portugal uma queixa contra esquemas de corrupção e branqueamento de capitais que ocorreram entre 2005 e 2012 com suposto envolvimento de ex-quadros directivos da Sonangol-E.P. e o banco comercial onde as transações foram registadas.

ONGs ANGOLANAS DENUNCIAM ESQUEMAS DE CORRUPÇÃO E BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS




Maria Constância começou o seu discurso lamentando sobre a dificuldade que os feirantes no geral têm enfrentando diariamente, segundo a mesma, o dia-a-dia no mercado é muito complicado, e principalmente para as mulheres que na sua maioria têm responsabilidades acrescidas no seio das famílias que por conta da carência dependem totalmente do que vem dos mercados.

RESUMO DA 10ª EDIÇÃO DO PROGRAMA RADIOFÓNICO “CORRUPÇÃO É CRIME”


1
Sob o lema “ A FOME NO SUL DE ANGOLA – DIREITOS – ESTRATÉGIAS – SINERGIAS”, estiveram reunidas, de 5 a 6 de Maio de 2021, no Centro Saletino de Formação e Espiritualidade – CESAFE, na cidade do Lubango, as organizações e instituições citadas supra, os representantes de comunidades rurais das Províncias da Huila e do Namibe e convidados em geral.

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES DA MESA REDONDA SOBRE A FOME NO ...