Omunga


Texto: Luisa Nambalo Revisão: Carmen Mateia Supervisão: João Malavindele Tema original: DIREITOS HUMANOS EM ÉPOCA DA COVID-19 – REALIDADE DE ANGOLA E MOÇAMBIQUE Realizou-se a 7ª edição do programa Quintas de Debate – Live, no dia 16 de Julho, com a participação do presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos […]

RESUMO DA 7ª EDIÇÃO DO QUINTAS DE DEBATE (LIVE) SOBRE ...   Recentemente updated!



Depois de mais de 4 meses na África do Sul, à espera dum voo humanitário que nunca aparecia, chegou o dia esperado no passado 9 de Julho. Mais de 200 angolanos aguardavam na manhã desse dia, às portas do Consulado de Angola em Cape Town, a confirmação da sua viagem.

ODISSEIA NO REGRESSO



Falando na primeira pessoa, o regedor (soba) Rafael da Costa sente-se ameaçado no exercício das suas funções por ter feito declarações à rádio Benguela em defesa dos ex-moradores do Bairro das Salinas que viram as suas residências partidas no passado dia 24 de Junho de 20 pela Administração Municipal de Benguela.

“Regedor da Zona-B em Benguela Ameaçado por Defender Ex-moradores do ...


Os ex-moradores do Bairro das Salinas em Benguela, clamam por ajuda da sociedade angolana em virtude da situação desumana que lhes foi imposta pela Administração Municipal de Benguela, que no passado dia 24 de Junho 20, fazendo o uso da força, demoliu casas e escola construída com o esforço financeiro dos moradores para os seus filhos e não só, cerca de 600 frequentavam a referida escola.

NOTA PÚBLICA: “16 dias depois das demolições no bairro das ...


Tudo começou nas primeiras horas do dia 24 de Junho de 20, quando os moradores foram surpreendidos por um aparato policial nunca mais visto na cidade de benguela, sem nenhum mandado judicial os moradores foram privados de manter contacto com os seus haveres enquanto decorria a demolição. Por outro lado, colocaram em causa a circulação rodoviária no sentido Benguela Baia Farta durante algumas horas.

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE BENGUELA RECORRE AO USO DE FORÇA POLICIAL ...



É com muita tristeza que a associação Omunga tomou conhecimento de mais uma acção barbara que envolve um agente da polícia e um jovem de 20 anos de idade. Tál facto ocorreu no dia 17 de junho de 2020, de acordo com os relatos abaixo discriminados:

Carta aberta: “Mais uma vitima nas mãos de um agente ...



Uma sociedade justa começa com cidadãos conscientes de seus direitos e deveres e o respeito à vida deve ser a premissa maior para cada cidadão, não importa a condição social, económica e política. Simplesmente a vida é para ser respeitada O mundo vive actualmente uma situação bastante complexa com a […]

MANIFESTO – MARCHA CONTRA A VIOLÊNCIA POLICIAL