Omunga


O Director Executivo da Omunga, João Malavindele respondeu positivamente ao convite vindo do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, para falar abertamente, na Conferência Nacional sobre Direitos Humanos e Segurança Pública, realizado no auditório da ENAPP, nesta quinta-feira, 01º de Dezembro. Durante a sua apresentação, o Director Executivo manifestou […]

OMUNGA DESAFIADA A ABORDAR SOBRE A RESPONSABILIDADE DA SOCIEDADE CIVIL ...   Recentemente updated!


O Director Executivo da Omunga, João Malavindele abordou o tema sobre a “Responsabilidade da Sociedade Civil na partilha de Informação sobre Segurança Pública e Direitos Humanos”, na 1ª Conferência Nacional sobre Direitos Humanos e Segurança Pública, realizado em luanda, no dia 1 de Dezembro, pelo Ministério da Justiça e dos […]

A RESPONSABILIDADE DA SOCIEDADE CIVIL NA PARTILHA DE INFORMAÇÃO SOBRE ...   Recentemente updated!


Maria Isabel de 75 anos de idade, residente no bairro Caponte, município do Lobito desde 1992, foi despejada do seu estabelecimento no passado dia 04 de Novembro pelo tribunal do Lobito sem aviso prévio, segundo a mesma. Trata-se de um edifício composto por dois pisos, no primeiro composto de grande […]

CIDADÃ DENUNCIA DESPEJO SEM AVISO PELO TRIBUNAL DO LOBITO



O protesto é uma maneira inestimável de falar a verdade ao poder. Ao longo da história, os protestos têm sido a força motriz por trás de alguns dos movimentos sociais mais poderosos, expondo injustiças e abusos, exigindo responsabilidade e inspirando as pessoas a continuar a esperar por um futuro melhor. […]

OMUNGA E AMNISTIA INTERNACIONAL REALIZAM TREINAMENTO SOBRE SEGURANÇA DIGITAL


Arrancou na manhã desta terça feira, 15, em Luanda, o workshop sobre a recuperação de ativos e o papel da sociedade civil, promovida pela ONG CIFAR (Civil Forum for Asset Recovery), em parceria com a OMUNGA. O certame que decorre entre os dias 15 à 17 no Resort Bantu, tem como objectivo capacitar as Organizações da sociedade civil para trabalhar com instituições internacionais a fim de se construir um quadro mais forte para recuperação transparente e responsável dos activos roubados, especialmente sobre a reutilização dos activos devolvidos. Neste primeiro dia, foram abordados temas como introdução às finanças offshore e à lavagem de dinheiro, Dr. Agatino Camarda (CIFAR), as fraquezas do sistema financeiro em Angola para lavagem de dinheiro, Dr. Carlos Rosado de Carvalho; Estruturas institucionais contra a lavagem de dinheiro, o caso da indústria extrativa, Dr. Benja Satula. Estão ainda previstos para os próximos dois dias, várias temáticas com especialistas nacionais e internacionais. A CIFAR ou simplesmente Fórum civil para recuperação de ativos é uma ONG sedeada em Berlim, Alemanha e trabalha em todo mundo para a transparência na investigação, confisco e devolução de dinheiro público roubado através da corrupção. É neste sentido que surge a parceria tendo em conta os interesse comuns, através do projecto Corrupção é crime que a OMUNGA leva a cabo desde 2020.

CIFAR E OMUNGA PROMOVEM EM LUANDA WORKSHOP SOBRE RECUPERAÇÃO DE ...


Durante o debate comunitário que ocorreu no município da Catumbela em Benguela, na sexta-feira passada (4), os jovens consideraram as autarquias locais como o meio para o desenvolvimento das comunidades. Por: Ana Simão da Conceição, Estagiária de Comunicação Social O debate foi realizado no município da Catumbela e teve como […]

“JOVENS DE BENGUELA ENCARAM IMPLEMENTAÇÃO DAS AUTARQUIAS LOCAIS COMO REFÚGIO”



Por: Fenícia Serão A Associação Omunga realizou na passada sexta-feira (04) mais uma edição do quintas de debate, em Benguela, no Hotel Mombaka sobre “A cultura Bantu na perspectiva do poder local em Angola” e o orador foi o politólogo e jornalista Makuta Nkondo. Na sua abordagem o orador Makuta […]

“ A CULTURA É A IDENTIDADE DE UM POVO”


Por: Vivalda Tunga OMUNGA realizou mais uma edição dos Quintas de Debates, no dia 04 do corrente mês, tendo como orador o Dr. Makuta Nkondo, no Hotel Mombaka, em Benguela.         Dr. Makuta Nkondo, Politólogo e Jornalista, abordou sobre o tema “A cultura Bantu na perspectiva do poder local em […]

“UMA PESSOA SEM CULTURA É UMA PESSOA SEM IDENTIDADE”


Por: Justina Cambala O politólogo e jornalista Makuta Nkondo questionou sobre o facto de não termos uma Constituição traduzida em línguas locais durante um debate realizado em Benguela, na passada sexta-feira (4). Foi ao decorrer da discussão que Makuta Nkondo mencionou sobre as disparidades existentes entre a nossa Constituição e […]

MAKUTA NKONDO QUESTIONA SOBRE O FACTO DE NÃO TERMOS UMA ...