POPULARES DO CAIMBAMBO REFUGIAM-SE NAS MATAS COM MEDO DA GUERRA


POPULARES DO CAIMBAMBO REFUGIAM-SE NAS MATAS COM MEDO DA GUERRA

Lobito, 31.08.2017

A OMUNGA tem vindo a fazer uma volta pelos municípios ouvindo os partidos políticos, as autoridades tradicionais, as CME e entidades religiosas. Hoje esteve no Caimbambo, representado pelo seu activista voluntário Bento Adriano e o repórter comunitário Eduardo Ngumbe. Desta visita apenas conseguiu conversar com o 1º secretário do MPLA que não aceitou gravar, como com o regedor que também não aceitou gravar. No entanto a secretária da UNITA deu uma entrevista onde abordou o recente processo eleitoral.

Começou por falar da campanha onde, segundo ela, continuaram a verificar-se situações de intolerância política. Falou depois sobre os problemas verificados em relação ao funcionamento de algumas Assembleias de Voto.

No entanto, está confiante e garante que a população está calma, embora haja populares a refugiarem-se nas matas já que, segundo ela, “o MPLA andou a ameaçar dizendo que se a UNITA ganhar vai haver guerra.

Entretanto hoje estaria para ocorrer uma plenária da Comissão Provincial Eleitoral de Benguela, para a qual a OMUNGA fora convidada (na qualidade de observador) mas que no final não ocorreu.

 

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.