CRIANÇAS DAS OFICINAS DE JORNALISMO REALIZAM ENTREVISTA AO DIRECTOR DA ESCOLA NGOLO D´AREA


As crianças das Oficinas de Vídeo jornalismo da Associação Omunga, pertencentes a comunidade e a escola primária Ngolo D´areia, realizaram uma entrevista ao director da escola sobre os desafios e dificuldades neste ano lectivo.

 De acordo com a entrevista que nos foi concedida pelo director da escola Félix Paulo, acredita que para se ter um futuro seguro no país e uma sociedade sã, o grande desafio é melhorar a qualidade de ensino.

Questionando-o sobre as dificuldades da escola o director fala dos pais que matriculam os seus filhos sem documentação, e, para poderem preocupar-se e tratarem a documentação a escola dá aos pais um termo de responsabilidade de 3 meses para a entrega da cédula dos seus educandos. Mas, mas nem com este termo trazem a documentação, nem aparecem para justificar sobre os atrasos.

 Ressalta ainda, que a demanda dos alunos em relação ao número de sala é maior, mas a escola tem um espaço que pode albergar quase 20 salas de aulas, e aguarda para que o Governo disponibilize verbas para a construção.

Aponta também como dificuldade a época chuvosa, que tem sido uma dor de cabeça devido as vias que não evacuam água e dificulta a passagem das pessoas.

Para quem passa pela escola não há espaço de lazer para os alunos e no momento de intervalo as crianças brincam no pequeno corredor, nas salas, e a estrada que dá acesso a escola, tambem dificulta por ser uma estrada movimentada.

Trabalho feito pelos alunos da comunidade Ngolo D´areia orientados por Rufina Lucamba

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.