OMUNGA REPUDIA ACTUAÇÃO DA POLÍCIA NO LOBITO


Nesta conformidade, não se compreende como é que se ordena a detenção de um cidadão, cujo pecado se resume na circunstância de tão somente querer contribuir com as suas sinergias pela observância escrupulosa dos termos do constantes dos instrutivos que regulam o estado de emergência em vigor.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.